Número total de visualizações de página

19/04/2010

O BARROCO


A arte Barroca era uma arte espectacular e faustosa, nas igrejas, atraía os fiéis, impressionando-os. Por isso foi denominada a arte da Contra-Reforma e foi utilizada pela Igreja Católica para reforçar a fé junto dos crentes.
É uma arte caracterizada pela ausência de espaços vazios, pela ideia de movimento e teatralidade e pelo apelo aos sentidos, à emotividade.

O Barroco abandonou a simplicidade, as linhas horizontais e a simetria da arte renascentista e criou:
Na arquitectura – igrejas e edifícios civis (palácios) com fachadas monumentais com linhas curvas e contracurvas e interiores ricamente decorados. Artistas: Bernini e Borromini.


Na escultura – figuras com forte expressividade, com uma grande carga dramática e emotiva. Artistas: Bernini


Na pintura – marcada pela exuberância e ostentação, pelos contrastes de luz e cor, expressividade das personagens e teatralidade. Os temas são marcadamente religiosos para emocionar os fiéis e combater o Protestantismo. Também as famílias da nobreza se fizeram retratar. Artistas: Velasquez, Rubens e Rembrandt.

O BARROCO EM PORTUGAL
A abundância do ouro brasileiro permitiu a construção de elevado número de construções barrocas. (Igreja do Carmo, Torre dos Clérigos, (Porto), Palácio de Mateus, (Vila Real);



A marca dos artistas portugueses fez-se sentir sobretudo nos altares e coches, decorados com Talha dourada e nos painéis de azulejos que decoram igrejas, salões, jardins.