Número total de visualizações de página

17/04/2009



Velásquez nasceu em 6 de Julho de 1599, na cidade de Sevilha (sul da Espanha), filho de um advogado de origem portuguesa e de mãe sevilhana.
Desde criança demonstrou grande interesse pela pintura. O pai, verificando este dom, levou Velásquez, com 11 anos de idade, para estudar pintura com o artista plástico naturalista Francisco Herrera.
Em 1611, o pai levou Velásquez para ser aprendiz no ateliê de pintura do artista Francisco Pacheco.
Veláquez casou-se com Juana, filha de seu professor de arte. Com ela teve uma filha chamada Francisca.Em 1622, viajou para Madrid e conheceu o poeta Luis de Góngora de quem pintou um retrato.
Na década de 1620, começou a fazer importantes contactos artísticos e também entre a nobreza espanhola.
Em 1623, foi nomeado pelo rei Felipe IV como o novo pintor real.
Em 1629, conheceu o pintor barroco Rubens, de quem absorveu grande influência artística.
Viajou em 1629, em missão oficial, para a Itália. Em Roma teve contacto e estudou as obras do Renascimento.
Em 1631, regressou a Espanha e recebeu do rei da Espanha a missão de fazer um retrato do príncipe Baltasar Carlos.
Em 1635, pintou uma de suas grandes obras de temática histórica: A rendição de Breda.
Velásquez, acometido de uma grave doença, morreu em 6 de Agosto de 1660, na cidade de Madrid.
A obra “As Meninas”, que retrata a família de Filipe IV, é um dos mais importantes quadros pintados por Velázquez. A obra está hoje no Museu do Prado. É uma das obras pictóricas mais analisadas e comentadas no mundo da arte. Como tema central mostra a infanta Margarida de Áustria, apesar que a pintura apresentar outras personagens, incluída o próprio Velázquez.


Trabalho de: Vanessa Gonçalves nº16, Rita Tomé nº1 - 8ºA

Sem comentários: