Número total de visualizações de página

16/10/2011

A Expansão Portuguesa no início do século XV

Podes aceder à ficha informativa e às perguntas de revisão, clicando na imagem abaixo.

Responde às questões usando o blogue
1. Identifica as regiões do Mundo que eram conhecidas pelos europeus no século XV.

2. Refere quais eram as principais rotas de comércio e os produtos que eram comercializados.

3. Identifica o mercador europeu que se deslocou ao oriente (Investiga).

4. Identifica os motivos que levaram à expansão europeia do século XV.
5. Refere as motivações da nobreza e da burguesia portuguesas para a expansão.
6. Indica as condições Geográficas e Técnicas que contribuíram para a prioridade portuguesa.
7. Refere os motivos que levaram os portugueses a conquistar a cidade de Ceuta.

10 comentários:

Anónimo disse...

1- As regiões do mundo conhecidas pelos europeus no século XV eram: a Europa, uma pequena parte da Ásia (Ásia menor), o norte de África e a costa ocidental (até ao cabo Bojador)

2- As principais rotas de comércio eram: as rotas italianas e as rotas caravaneiras do ouro e os produtos que eram comercializados eram a seda o ouro e as especiarias. O ouro vinha de África e as especiarias e a seda vinham do Oriente.

3- O mercador que deslocou ao oriente foi Marco Polo.

4- Os motivos que levaram à expansão europeia do século XV foram: faltar metais preciosos para cunhar a moeda e fazer o comércio ambicionar-se o rico comércio do mediterrâneo (especiarias, sedas e outros produtos orientais de luxo) e o desejo de expandir a fé cristã.

5- As motivações da nobreza são: dedicar-se a guerra, obter fama e glória e obter novos títulos e terras, e as motivações da burguesia são: que eles ambicionam novos produtos para comerciar. Ivo Patricio Nº8 8ºA
6- As condições geográficas são: longa costa marítima. As condições técnicas são: conhecimento de instrumentos náuticos para navegar no alto mar (navegação astronómica): bússola, balestilha, astrolábio e quadrante.
7- Os motivos que levaram á conquista de Ceuta foram: porque em Ceuta havia ouro e especiarias em abundância, a localização estratégica de Ceuta que permitia controlar as entradas e saídas do mar Mediterrâneo, que de Ceuta eram lançados ataques piratas contra a costa do Algarve e que fazer conquistas em África era um meio de ocupar os nobres na guerra.

Anónimo disse...

1- As regiões do mundo conhecidas naquela altura eram: norte de África, Europa, e a Ásia menor.

2- Rotas Italianas, a volta do mediterrâneo, rotas caravaneiras do ouro vindas de África rotas das especiarias vindas do Oriente.

3- Infante d. Henrique.

4- Os motivos que levaram a expansão europeia eram: ultrapassar a crise do séc. XIV, ambicionar o comercio do mediterrâneo e expandir a fé crista.

5- Nobreza – dedicavam-se a guerra, queriam obter fama, e novas terras.
Burguesia – queria novos produtos para comerciar

6- Condições geográficas – longa costa marítima. Condições técnicas – conhecimentos dos instrumentos náuticos feitos para navegar no alto mar.

7- Os motivos que levaram a conquista de Ceuta eram: Ceuta tinha ouro e especiarias, trazidos pelos muçulmanos; localização estratégica para controlar as entradas e saídas dos barcos a volta do mar mediterrâneo; acabar com a pirataria muculmananas costas portuguesas.

Francisco Fonseca Nº6 8ºA

Anónimo disse...

1 As regiões são Europa África norte.
2 As principais rotas são rotas italianas, rotas caravaneiras do ouro rotas da seda da china.
3 Foi italianos e chineses.
4 Os motivos são faltos de riqueza na Europa comercial.
5 Com a derrota de D. Leonor Teles e os seus apoiantes fugiram para Castela sendo assim os seu cargos importantes ficaram desocupados onde o baixo clero e baixa nobreza se apoderarão com isso foi investido nas expansões pois tinham de arranjar riqueza.
6 As condições foram ter uma costa favorável ao desembarace de navios onde seguiriam para sul.
7 Os motivos foram as rotas de ouro seda de tudo o que e bom:

filipe caetano

Anónimo disse...

t.p.c de história
1. As regiões conhecidas pelos portugueses eram a Europa, o norte de África e Ásia menor.
2. As rotas principais eram as rotas italianas (especiarias), África (ouro) e China (seda).
3. O mercador era o Infante D. Henrique.
4. As motivações eram:
REI- procurava soluções para a economia do país (falta de metais e cereais);
NOBREZA- Terras, fazer conquistas para aumentar o seu prestígio;
CLERO- Alargar a fé e os seus rendimentos;
BURGUESIA- Novos produtos para comerciar;
POVO- Melhorar as suas condições de vida.
5. NOBREZA- Terras, fazer conquistas para aumentar o seu prestígio;
BURGUESIA- Novos produtos para comerciar.
6. Geográficas (longa costa marítima) e Técnicas (balestilha, quadrante, bússula, astrolábio, fio de prumo e carta astral).
7.- Tinham ouro e especiarias;
-localização estratégica à entrada do mediterrâneo;
-acabar com a pirataria que atacava as costas portuguesas.

Trabalho realizado por António Lopes

Anónimo disse...

1-As regiões do mundo que eram conhecidas no século xv eram a Europa, norte de África e a Ásia menor.
2-As principais rotas do comércio eram as rotas caravaneiras do ouro, rotas da seda da China, rotas das especiarias do Oriente.
3-
4-Os motivos que levaram á expansão europeia no século xv foram a falta de metais, cereais.
5-As motivações da nobreza foram dedicar-se á guerra, obter fama, glória e novos títulos e terras. A burguesia foi novos produtos para comerciar.
6-As condições geográficas foram a longa costa marítima e as técnicas foram o conhecimento de instrumentos náuticos.
7-Os motivos que levaram os portugueses a conquistar Ceuta foram porque havia ouro, especiarias trazidas doutros lugares, cereais produzidos nos campos.

André
Número 1
8ºA

João Gouveia disse...

1.- As regiões do Mundo conhecidas pelos europeus no séc. XV eram: a Europa, o Norte de África e a Ásia Menor.
2.- As principais rotas de comércio eram: as rotas caravaneiras do ouro, as rotas das especiarias do Oriente, as rotas italianas e as rotas da seda da China.
3.- O mercador europeu que se deslocou ao oriente foi Marco Polo.
4.- O motivos que levaram à expansão europeia do século XV foram: necessidade de metais preciosos, como o ouro, para cunhar as moedas e fazer o comércio, a ambição do rico comércio do Mediterrâneo (especiarias, sedas e outros produtos orientais de luxo) e a expansão da fé cristã.
5.- As motivações da nobreza eram: dedicar-se à guerra, obter fama e glória e obter novos títulos e terras e o motivo da burguesia era obter novos produtos para comerciar.
6.- A nível geográfico tínhamos uma vasta costa oceânica que nos permitia o acesso direto ao Oceano Atlântico e para além disso eramos dos países que estávamos mais a sul na Europa e portanto tínhamos de percorrer menos distância quando navegávamos para sul e a nível técnico conhecíamos e sabíamos usar a bússola, a balestilha, o astrolábio, o quadrante, entre outros.
7.- Os portugueses quiseram conquistar Ceuta pois nesta havia ouro e especiarias e trigo, porque, graças à localização estratégica da cidade, conseguia-se controlar as entradas e saídas do Mediterrâneo, porque de Ceuta eram lançados ataques piratas contra as costas do Algarve e porque fazer conquistas em África era um meio de ocupar os nobres na guerra.
João Gouveia/ nº12

Jorge Gouveia disse...

PROPOSTA DE RESPOSTAS ELABORADAS PELO PROFESSOR

1.- As regiões do Mundo conhecidas pelos europeus no séc. XV eram: a Europa, o Norte de África e a Ásia Menor.
2.- As principais rotas de comércio eram: as rotas caravaneiras do ouro, vindas de África, as rotas das especiarias do Oriente, as rotas da seda da China e as rotas italianas que envolviam o Mediterrâneo e eram responsáveis pela distribuição destes importantes produtos pelas principais feiras europeias.
3.- O mercador europeu que se deslocou ao oriente foi Marco Polo.
4.- O motivos que levaram à expansão europeia do século XV foram: necessidade de metais preciosos, como o ouro, para cunhar a moeda e realizar o comércio, a procura de cereais, a vontade de aceder aos produtos de grande valor que chegavam ao Mediterrâneo e que estavam nas mãos dos italianos (especiarias, sedas e outros produtos orientais de luxo) e a expansão da fé cristã.
5.- As motivações que levaram a nobreza (promovida por D. João I) a apoiar a expansão eram: dedicar-se à guerra para obter fama e glória e novos títulos e terras e a motivação da burguesia era a obtenção de novos produtos para comerciar.
6.- A nível geográfico tínhamos uma vasta costa oceânica e bons portos de mar, o que nos permitia o acesso direto e fácil ao Oceano Atlântico. A nossa localização a sul da Europa e perto de África e do Mediterrâneo facilitava as nossas navegações de descoberta ou conquista nas regiões ambicionadas. A nível técnico, devido ao contacto com muçulmanos e judeus, possuíamos e sabíamos usar a bússola, a balestilha, o astrolábio, o quadrante, instrumentos fundamentais para a navegação astronómica em alto mar.
7.- Os portugueses quiseram conquistar Ceuta pois nesta cidade do Norte de África havia ouro e especiarias vindas das rotas que aportavam a esta cidade e trigo produzido nos campo em redor de Ceuta. Igualmente, devido à localização estratégica da cidade, conseguia-se controlar as entradas e saídas do Mediterrâneo e assim controlar o importante comércio europeu. Conquistar Ceuta era também uma forma de acabar com os ataques piratas lançados contra as costas do Algarve. Fazer conquistas em África era um meio de ocupar os nobres na guerra.

Anónimo disse...

1. Identifica as regiões do Mundo que eram conhecidas pelos europeus no século XV.
R: As regiões do Mundo que eram conhecidas eram: Europa, Norte de África e Ásia.

2. Refere quais eram as principais rotas de comércio e os produtos que eram comercializados.
R: As principais rotas eram: Rotas italianas, Rotas caravaneiras do ouro e as Rotas da seda da China.

3. Identifica o mercador europeu que se deslocou ao oriente.
R:

4. Identifica os motivos que levaram à expansão europeia do século XV.
R: O primeiro motivo foi o rei procurava soluções para a economia do país. Os nobres tentavam conquistar terras para aumentar o seu prestígio, a burguesia fazia novos produtos para comerciar, o povo melhorava as condições de vida e o clero alargava a fé e aumentava os rendimentos.

5. Refere as motivações da nobreza e da burguesia portuguesas para a expansão
R: As motivações da nobreza eram: Dedicar-se á guerra, obter fama e glória e obter novos títulos e terras, e as motivações da burguesia era: ambicionar novos produtos para comerciar.

6. Indica as condições Geográficas e Técnicas que contribuíram para a prioridade portuguesa.
R: As condições Geográficas são: longa costa marítima.
As condições Técnicas são: marinheiros experientes e em embarcações e instrumentos náuticos para navegar no alto mar (navegação astronómica): bússola, balestilha, astrolábio e quadrante.

7. Refere os motivos que levaram os portugueses a conquistar a cidade de Ceuta
R: Os motivos que levaram os portugueses a conquistar a cidade de Ceuta foi que eles tinham ouro e especiarias, trazidas de outros locais, e cereais produzidos nos campos, localização estratégica, á entrada do Mediterrâneo e acabar coma pirataria muçulmana que atacava as costas portuguesas.

Mariana Semedo, 8º A

Anónimo disse...

1-As regiões do mundo conhecidas pelos europeus do século XV eram: a Europa, a Ásia Menor e a costa ocidental.
2-As principais rotas de comércio eram: as rotas italianas, as rotas caravaneiras. Os produtos que eram comercializados eram a seda, o ouro e as especiarias.
3-O mercador foi o Marco Polo.
4-Os motivos que levaram à expansão foram que faltavam metais preciosos e queriam expandir a fé cristã.
5-As motivações eram:
Nobreza – queria fazer conquistas para aumentar o seu prestígio;
Burguesia – queria novos produtos para o comércio.
6-Em condições geográficas, tínhamos uma longa costa marinha e em condições técnicas tínhamos instrumentos para navegar em alto mar (astrolábio, balestilha, bússola, quadrante).
7-Os motivos que levaram os portugueses a conquistar Ceuta era que tinha ouro e especiarias, e também cereais produzidos nos campos; tinha uma localização estratégica, pois situa-se à entrada do Mediterrâneo; e queriam acabar com a pirataria muçulmana que atacava as costas portuguesas.
Liliana Vilela 8ºA

Anónimo disse...

1-Eram conhecidas as regiões de Àfrica,Euroa e Àsia.
2-As principais rotas de comércio eram as rotas caravaneiras do ouro,rotas da seda da China e rotas das especiarias do Oriente.
3-Foi Marco Pólo.
4-Porque portugal precisava de mais riquezas como ouro,prata e especiarias.
5-A nobreza queria terras mas também queria aumentar o seu prestigio,e a burguesia queria novos produtos para comercializar.
6-As condições eram que Portugal estava em paz,tinhamos uma longa costa maritima, tinhas marinheiros experientes e embarcações e tinhamos instrumentos para navegar como o astrolábio,a balestilha,a bússola e o quadrante.
7-Os motivos que levaram os marinheiros portugueses a conquistar a cidade de Ceuta, porque era uma cidade que estava muito perto de Portugal e porque na cidade de Ceuta passavam as rotas das especiarias,seda e ouro. Sofia Ribeiro nº18 8ºA