Número total de visualizações de página

13/05/2013

Ficha Formativa: Revolução liberal portuguesa


As invasões francesas e o regime liberal português
Cortes portuguesas 


Responde às questões e publica as tuas respostas no Blog. Não esqueças: elabora as tuas respostas no word e depois de verificares se estão corretas, copia-as para a caixa de publicação de comentários. Identifica o teu nome no final.
Prazo limite: 5ª feira à noite.
Bom trabalho!

COMENTÁRIO DO PROFESSOR

Apenas 5 alunos (André, Bruna, Edgar, Iolanda e Sandro), cumpriram a sua obrigação, realizando a ficha de trabalho. Lamento a falta de responsabilidade da parte da maioria dos alunos, situação que não contribui para o trabalho de equipa e a a confiança que se pretende estabelecer entre professor e alunos.


1 – Onde estavam o Rei e a Corte durante as invasões francesas?
Estavam no Brasil, onde se refugiaram após a entrada em Portugal do exército franco-espanhol, durante as invasões francesas.

2 – Quantas invasões, das tropas franco-espanholas, Portugal sofreu? Refere os anos, as regiões onde se verificaram e os generais que as lideraram.
Portugal sofreu três invasões: 
1ª invasão - ocorreu em 1807 – entrou pela Beira Baixa (Segura) e avançou em direcção a Castelo Branco, Vila Velha de Ródão, Abrantes e Lisboa, seguindo a linha do Tejo. Foi liderada pelo general Junot.
2ª invasão - ocorreu em 1809 – entrou pelo Norte, passou por Chaves, Braga e Porto. Foi comandada por Soult, 
3ª invasão - ocorreu em 1810 - entrou pela Beira Alta, ao longo do Mondego, em direcção a Lisboa, tendo sido detida nas linhas de Torres. Foi comandada por Massena


3 - Depois de expulsos os franceses quem assegurou o governo de Portugal?
Foram os militares ingleses, liderados pelo general Beresford, que assegurou a regência.

4 – Os portugueses concordavam com este governo? Justifica a tua resposta.
Não concordavam porque o Brasil foi promovido à categoria de reino e Portugal tornou-se uma colónia brasileira.Os ingleses aproveitaram para defender os seus interesses, abrindo os portos brasileiros ao comércio estrangeiro, reduzindo as taxas alfandegárias dos produtos ingleses e prejudicando os negócios do comércio e indústria portugueses, em favor da Inglaterra.

5 - Identifica dois momentos de reação dos portugueses contra a governação inglesa.
Em 1817 deu-se uma conspiração contra os ingleses que foi fortemente reprimida, tendo o general Gomes Freire de Andrade sido enforcado
Em 1820 os regimentos do Porto revoltaram-se, mais tarde verificou-se o mesmo em Lisboa. A revolução Liberal triunfou.


6 – Onde e em que data foi feita a Revolução Liberal portuguesa?
Foi no Porto em 24 de Agosto de 1820.

7 – Resume as mais importantes decisões tomadas pelas Cortes Constituintes.
Exigiram o regresso do rei D. João VI; 
puseram fim a o regime feudal abolindo os direitos senhoriais; 
extinguiram a inquisição e nacionalizaram os bens da Coroa;
elaboraram a 1ª constituição portuguesa que defendia os direitos e liberdade , a soberania da nação e a separação dos poderes.


8 – Que tipo de regime foi implantado?
Uma monarquia constitucional.

9 - Quais os motivos que levaram D. Pedro a proclamar a independência do Brasil?
Porque as Cortes Constituintes legislaram no sentido de o Brasil voltar a ser uma colónia e que o príncipe D. Pedro voltasse para Portugal. Este apoiado pela sociedade brasileira reagiram declarando a independência. “Grito do Ipiranga”.

6 comentários:

Anónimo disse...

1-Durante as invasões o rei e a corte estavam no Brasil.

2-Portugal foi alvo de três invasões: a primeira foi em 1807, comandada por Junot e passou por Castelo Branco, Abrantes e Lisboa, onde foi detida; a segunda foi em 1809, comandada por Soult e passou por Chaves, Braga e Porto, onde foi detida; a terceira foi em 1810, comandada por Massena e passou no Sabugal, na Redinha e em Torres Vedras, onde foi detida.

3-Depois dos franceses serem expulsos, que assegurou o governo de Portugal foi a Inglaterra.

4-Os portugueses não concordavam com este governo porque estavam a ser governados pelos ingleses, porque a família real continuava no Brasil mesmo depois das invasões terem acabado e porque como a família real estava no Brasil foi decidido que o Brasil passava a país e Portugal era uma colónia brasileira.

6-A revolução liberal portuguesa aconteceu no Porto, a 24 de Agosto de 1820.

7-As mais importantes decisões tomadas pelas Cortes Constituintes foram: separar o poder em legislativo, realizado pelas cortes, executivo, realizado pelo rei e judicial, realizado pelos tribunais;

8-Foi implantada uma monarquia constitucional.

9-Os motivos que levaram à independência do Brasil foram: as Cortes Constituintes legislaram que o Brasil voltava a ser uma colónia e o príncipe D. Pedro tinha de voltar para Portugal.

Sandro Sousa Nº 11 8º A

iolanda disse...

1-Eles estavam no Brasil.

2-Houve 3 invasões: A 1º invasão foi comandada por Junot e verificaram-se em Castelo Branco, Abrantes, Lisboa, Lavos e Roliça; a 2º invasão foi comandada por Soult e verificaram-se em Braga, Porto e Chaves e a 3º invasão foi comandada por Massena e verificaram-se em Sabugal, Buçaco e Redinha.

3-Foi o inglês Beresford.

4-Não porque já não se justificava a permanência da família real no Brasil nem de os ingleses estarem a governar Portugal e estavam a prejudicar a indústria e o comércio português por causa do tratado assinada por Portugal e Inglaterra.

5-O Porto formou um grupo revolucionário que preparou a revolução e a 24 de Agosto de 1820 alguns habitantes do Porto revoltaram-se e saíram para a rua.

6-A Revolução Liberal foi feita a 1 de Outubro de 1820 em Lisboa e no Porto.

7-As mais importantes decisões tomadas pelas Cortes Constituintes foram as ideias liberais:
-os direitos, deveres, liberdades e garantias dos Portugueses;
-a soberania da Nação;
-a separação dos poderes.

8-Foi implantado uma Monarquia Liberal.

9-Porque as Cortes Constituintes ordenaram o Brasil a voltar a ser uma colónia e que o príncipe D. Pedro voltasse para Portugal.

iolanda nº6 8ºano

Anónimo disse...

1- Durante as invasões francesas o rei e as cortes estavam no Brasil.
2- Deram-se três invasões: 1ª- Junot – 1807/1808 – C.Branco, Abrantes e Lisboa
2ª- Soult – 1809 – Orense, Chaves, Braga e Porto
3ª- Massena – 1810/1811–Cidade Rodrigo, Sabugal e Redinha
3- D.Joao VI.
4- Não, porque com um tratado assinado entre Portugal e Inglaterra que reduziu as taxas alfandegarias pagas sobre os produtos ingleses vendidos para o Brasil, a industria e o comercio português foram prejudicados e logo a seguir os portugueses impõem o regresso do rei do Brasil.
5-
6- Deu-se no Porto a 1 de Outubro de 1820.
7- Esta constituição consagrou como princípios fundamentais: os direitos, deveres, liberdades e garantias dos Portugueses, a soberania da Nação e a separação dos poderes.
8- Foi implantado um Regime Constitucional ou Liberal.
9- Os motivos foram: a abertura dos portos ao comercio estrangeiro, a criação do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve que libertou o Brasil de ser uma colónia, a construção de escolas, hospitais, bibliotecas, estradas e do primeiro banco brasileiro e a criação de uma Junta de Comercio da Agricultura e da Navegaçao.

Edgar Belo

Anónimo disse...

1-O rei e as cortes estavam no Brasil.
2-Portugal sofreu 3 invasões: a 1ª foi comandada pelo Junot entre 1807 e 1808 e passou na zona centro a 2ª foi comandada pelo Soult em 1809 no Porto e a 3ª foi comandada pelo Massena entre 1810 e 1811 e foi na cidade do Rodrigo.
3- Quem assegurou o governo de Portugal foi um general inglês chamado Marechal Beresford.
4- Não os portugueses não concordam com este governo porque os ingleses estavam a aproveitaram-se da situação para defenderem os seus próprios interesses como por exemplo acabando como direito exclusivo colonial da Metrópole abrindo os portos brasileiros ao comércio estrangeiro.
5-Os dois momentos de reacção dos portugueses contra os ingleses foram: a revolução liberal e a aprovação da constituição.
6-A revolução liberal portuguesa ocorreu a 14 de Agosto de 1820 no porto.
7-
8-O tipo de regime que foi implantado em Portugal foi o regime liberal.
9-

Trabalho realizado por: André Ribeiro Nº1/ 8ª.

Anónimo disse...

1 –O rei e a corte estavam para o Brasil.

2 –Os anos são 1809;1810 e 1811;as regiões e os generais são França,Inglaterra e Portugal;Soult,Massena.

3 - Quem assegurou o governo de Portugal foi o Junot.

6 –A Revolução Libera lfoi feita em 1822 na Inglaterra.

7 –As decisões tomas pelas Cortes Constituintes são os direitos,deveres,liberdades e garantias dos Portugueses;a soberania da Nação e a separação dos poderes.

8 –O tipo de regime que foi implentado é a Monarquia Constitucional ou Liberal.

9 -D.Pedro foi herdeiro legítimo da Coroa portuguesa que mas tambem imperador do Brasil.



trabalho Realizado por:Bruna Matos,8ºA,Nº3

Jorge Gouveia disse...

COMENTÁRIO DO PROFESSOR

Apenas 5 alunos cumpriram a sua obrigação, realizando a ficha de trabalho. Lamento tanta falta de responsabilidade.

1 – Onde estavam o Rei e a Corte durante as invasões francesas?
Estavam no Brasil, onde se refugiaram após a entrada em Portugal do exército franco-espanhol, durante as invasões francesas.

2 – Quantas invasões, das tropas franco-espanholas, Portugal sofreu? Refere os anos, as regiões onde se verificaram e os generais que as lideraram.
Portugal sofreu três invasões:
1ª ocorreu em 1807 – entrou pela Beira Baixa (Segura) e avançou em direcção a Castelo Branco, Abrantes e Lisboa, seguindo a linha do Tejo. Foi liderada pelo general Junot.
2ª ocorreu em 1809 – entrou pelo Norte, passou por Chaves, Braga e Porto. Foi comandada por Soult,
3ª ocorreu em 1810, entrou pela Beira Alta, ao longo do Mondego em direcção a Lisboa, tendo sido detida nas linhas de Torres. Foi comandada por Massena

3 - Depois de expulsos os franceses quem assegurou o governo de Portugal?
Foram os militares ingleses, liderados pelo general Beresford, que assegurou a regência.

4 – Os portugueses concordavam com este governo? Justifica a tua resposta.

Não concordavam porque o Brasil foi promovido à categoria de reino e Portugal era uma colónia brasileira.Os ingleses aproveitaram para defender os seus interesses, abrindo os portos brasileiros ao comércio estrangeiro, reduzindo as taxas alfandegárias dos produtos ingleses e prejudicando os negócios do comércio e indústria portugueses em favor da Inglaterra.

5 - Identifica dois momentos de reação dos portugueses contra a governação inglesa.
Em 1817 deu-se uma conspiração contra os ingleses que foi fortemente reprimida tendo o general Gomes Freire de Andrade sido enforcado
Em 1820 os regimentos do Porto revoltaram-se, mais tarde verificou-se o mesmo em Lisboa. A revolução Liberal trinfou.

6 – Onde e em que data foi feita a Revolução Liberal portuguesa?
Foi no Porto em 24 de Agosto de 1820.

7 – Resume as mais importantes decisões tomadas pelas Cortes Constituintes.
Exigiram o regresso do rei D. João VI;
puseram fim a o regime feudal abolindo os direitos senhoriais;
extinguiram a inquisição e nacionalizaram os bens da Coroa;
elaboraram a 1ª constituição portuguesa que defendia os direitos e liberdade , a soberania da nação e a separação dos poderes.

8 – Que tipo de regime foi implantado?
Uma monarquia constitucional.

9 - Quais os motivos que levaram D. Pedro a proclamar a independência do Brasil?
Porque as Cortes Constituintes legislaram no sentido de o Brasil voltar a ser uma colónia e que o príncipe D. Pedro voltasse para Portugal. Este apoiado pela sociedade brasileira reagiram declarando a independência. “Grito do Ipiranga”.